Instalando OTRS no CentOs 7

Essa semana conheci a ferramenta de Chamados OTRS, baseada em regras de ITIL, por ser “Free” achei bem completa.

O que significa OTRS? Significa um Sistema de Requisição de Tickets em Codigo Livre. Sendo assim a aplicação pode ser utilizada de qualquer navegador compatível com HTML. A interface Web não utiliza qualquer um conteúdo ativo como Flash ou Java assegurando que o sistema seja portado para qualquer dispositivo.
Para fazer a Integração do OTRS com AD(Active Directory) via LDAP, acesse esse link //goo.gl/ZOivFX .
Nesse tutorial estou utilizando a versão mais recente do CentOs 7.1 e a ultima versão do OTRS 4.0.8.

Vamos lá:
Após ter configurado o CentOs vamos iniciar a instalação, recomendo sempre fazendo o update do CentOs.
Para fazer o Update CentOs 7, digite o seguinte comando

yum -y update
Agora vamos verificar o arquivo SELinux, digite o seguinte comando
sestatus

Vamos editar esse arquivo para Permissive, porque senão você pode perder o contexto de segurança em arquivos e que você iria querer habilitar SELinux em algum momento depois que você precisa para voltar a etiquetar arquivos que é difícil.
Digite o seguinte comando para editar o arquivo
vi /etc/selinux/config

Altere o arquivo SELinux para permissive

Em seguida execute o seguinte comando,
setenforce Permissive

Pronto, agora vamos fazer a instalação do MySQL. Se você deseja instalar o MySQL em vez de MariaDB, isso não é problema, o projeto MySQL tem proporcionado um repositório yum que você pode usar. Nessa instalação vou utilizar o MariaDB.

Execute o seguinte comando para instalar o MySQL e aguarde o fim da instalação

yum install -y mariadb-server

Vamos adicionar alguns parâmetros para uma melhor performace

echo -e "otrs7-1nmax_allowed_packet=20Mnquery_cache_size=32M" > /etc/my.cnf.d/otrs.cnf
Após a instalação do Mariadb, vamos copiar e colar o arquivo “/usr/share/mysql/mymedium.cnf” para “/etc/my.cnf” , execute o seguinte comando:

cp “/usr/share/mysql/my-medium.cnf” “/etc/my.cnf”

E edite as linhas deixando como nas  linhas abaixo:
innodb_log_file_size = 512M 
max_allowed_packet = 20M

 

Agora vamos habilitar o serviço e iniciar o MySQL, execute o seguinte comando

systemctl enable mariadb.service
8
systemctl start mariadb.service
9

Vamos efetuar uma instalação rápida e confiável do banco de dados, execute o seguinte comando
mysql_secure_installation
OBS.: após a execução do último comando o banco irá solicitar 08 perguntas a serem informadas, abaixo está a grade com cada uma das perguntas e como devem ser preenchidas.

Enter current password for root (enter for none): enter
Set root password? [Y/n] enter
New password: digite uma senha
Re-enter new password: confirme a senha
Remove anonymous users? [Y/n] Y
Disallow root login remotely? [Y/n] Y
Remove test database and access to it? [Y/n] Y
Reload privilege tables now? [Y/n] Y

systemctl start mariadb

Agora vamos validar se a instalação foi concluída com exito, execute o seguinte comando e digite a senha

mysql -u root -p -A

10
Agora vamos fazer a instalação do OTRS. Você pode encontrar arquivos de instalação do RPM no servidor web de OTRS. Para a versão atual o comando de instalação é:

yum -y install //ftp.otrs.org/pub/otrs/RPMS/rhel/7/otrs-4.0.8-02.noarch.rpm

Só aguardar o fim da instalação

Agora vamos instalar as dependências, o repositório de pacotes qualidade empresarial mantida pelo projeto Fedora. Note-se que esta etapa é uma espécie de importante, pois também lhe trará mod_perl que é realmente necessário para ter bom desempenho do servidor web!

yum -y install epel-release
 
yum install -y mod_perl "perl(Crypt::Eksblowfish::Bcrypt)" "perl(JSON::XS)" "perl(GD::Text)" "perl(Encode::HanExtra)" "perl(GD::Graph)" "perl(Mail::IMAPClient)" "perl(PDF::API2)" "perl(Text::CSV_XS)" "perl(YAML::XS)"
 

Agora vamos iniciar o servidor web Apache. Você também deve adicionar uma regra para o firewall para permitir o acesso ao servidor web. CentOS 7 com firewalld, uma nova geração de firewall que permite que você faça essas mudanças muito facilmente.

rm /etc/httpd/conf.d/welcome.conf

 systemctl enable httpd.service
 systemctl start httpd.service


12

Pronto agora vamos verificar o Firewall, com os seguintes comandos

firewall-cmd --permanent --zone=public --add-service=http
 firewall-cmd --reload


13

Pronto a ferramenta de Chamados OTRS já está no ar, para inicializar as configurações do OTRS digite o seguinte endereço //Endereço-De-IP-no-Servidor/otrs/installer.pl. Nesta pagina vai ter algumas informações sobre a ferramenta tais como site, endereço e email. Clique em próximo

14

Agora vamos aceitar o termo de aceite do OTRS

15

Vamos a criação do Banco de Dados MySQL, vamos selecionar a opção MySQL e deixar na opção Criar um novo banco para o OTRS, em seguida clique em próximo

16

Vamos verificar se o usuário Root faz a comunicação com o MySQL, digite a senha e mande ele verificar a conexão com o banco de dados

17

Quando o usuário root fazer a comunicação com o banco de dados MySQL ele vai apresentar essa tela. Em seguida Clique em Próximo

18

Agora o usuário root vai criar a database ‘otrs’ com suas respectivas permissões, em seguida clique em Próximo

19

Agora vamos a configuração do Sistema, nessa opção você pode alterar o nome da organização, e-mail do administrador e o ID do sistema as demais opções não precisa alterar

20

Agora vamos a configuração do e-mail, nessa demostração estou usando um e-mail do Office 365. Para o que o Office 365 funcione corretamente tem que seguir as seguites informações

Servidor SMTP e Servidor de Entrada = outlook.office365.com


Tipo de Saída = SMTPTLS


Tipo de Entrada = IMAPS


Como segue a imagem abaixo:

21

Em seguida clique em Verificar configuração de e-mail e aguarde, ele vai te trazer a seguinte mensagem

22

Clique em OK, Pronto ele vai redirecionar você para a pagina com o link de acesso a ferramenta //IP-do-Servidor/otrs/index.pl .

27

Lembrado quando acessar a ferramenta com o usuário root@localhost mude a senha e já crie um outro usuário. Em seguida o OTRS vai pedir para inicializar o crontab, ele irá avisar que o agendador de tarefas não foi inicializado execute o seguinte comando

/opt/otrs/bin/Cron.sh start otrs


23

Pronto essa e a interface do OTRS

24

Vamos a configuração do email, vá até Administração> Enedereços de E-mail altere o endereço Root@localhost pelo o e-mail que a ferramenta vai utilizar, em seguida clique em enviar para que ele salve as configurações

25

Vamos configurar o crontab para o envio e recebimento de e-mail automaticamente, nele iremos adicionar o e-mail que vai ser utilizado e vamos mudar o tempo de recebimento e envio execute o seguinte comando

crontab -e -u otrs


Em seguida edite os seguinte campos que estão sinalizados na imagem abaixo.

MALITO = E-mail do Suporte

Fetch E-mail = O tempo que ele vai puxar o e-mail da mailbox

26

feito isso salve o arquivo.

Pronto o OTRS está no ar pronto para uso.

Obrigado galera até o próximo post.

Sobre Michel Jatoba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XPTO-WPC-MONITOR-TAG