Microsoft Azure – Disco Gerenciado

Recentemente o Microsoft Azure liberou o “Disco Gerenciado” ou “Managed Disk”.  Porque esse recurso é incrível? Hoje para implementar uma VM no Azure precisamos de um conta de armazenamento para colocar os VHDs, as conta de armazenamento tem limitação de IOPs, largura de banda e capacidade.
Um exemplo o conta de armazenamento Standard tem um limite para 40 VHDs sendo assim cada VHD tem o limite de 500 IOPs e juntando com os os 40 VHDs você fica no limite de IOPs que é de 20,000 IOPs.
Os limites de IOPs vai depender se o conta de armazenamento é premium ou standard.
Com o Gerenciador de Disco você não precisa se preocupar com uma conta de armazenamento, toda a gestão do seu disco é feita pelo Microsoft Azure, caso precise de 100 discos é só falar o tamanho do disco e qual versão premium ou standard.

É possível criar um disco gerenciado a partir de um disco de dados existente ou de um disco de sistema operacional que está localizado atualmente em uma conta de armazenamento do Azure. Também é possível criar um disco vazio que pode ser usado como um novo disco de dados para uma VM.

 Vale a pena utilizar o Disco Gerenciado no Azure?
Sim, vamos entender o porque.
Temos que entender alguns pontos que são importantes no funcionamento Gerenciamento de Disco.

      • Conjunto de disponibilidade do disco gerenciado:  Ele oferece uma alta disponibilidade, colocando sua VM e Disco em diferentes pontos de falha (Fault Domain) e atualização (Update Domain).
      • Flexibilidade: Atualmente trabalhando com conta de armazenamento para fazer um mudança de Stadard para Premium você tem que deletar a VM e migrar o VHD para o Premium e recriar a VM a partir desse disco. Trabalhando com o disco gerenciado você pode fazer a mudança de Standard para Premium a qualquer momento de uma maneira simples e fácil.
      • Segurança: Com o conta de armazenamento você da permissão para um usuário direto ao Storage permitindo que ele tenha acesso a todos os VHDs, com o Gerenciamento de Disco você da permissão direto no disco para o usuário. O Gerenciamento de Disco tem 3 tipos de permissões: Proprietário, Colaborador e Leitor.
      • Tamanho e Tipos de Discos: Teremos 2 tipos de disco Standard e Premium. A versão Standard ela é cobrado em cima do disco inteiro, diferente do VHD dentro do conta de armazenamento que você paga apenas pelo tamanho do volume usado.
  • Disco Gerenciado Standard:

    Tipos de Disco

    S4

    S6

    S10

    S20

    S30

    Tamanho do Disco

    32 GB

    64 GB

    128 GB

    512 GB

    1024 GB

    Preço Por Mês

    $1,54

    $3,01

    $5,89

    $21,76

    $40,54

  • Disco Gerenciado Premium: 

    Tipos de Disco

    P10

    P20

    P30

    Tamanho do Disco 128 GB 512 GB 1024 GB
    IOPs Por Disco 100 Mb/s 150 Mb/s 200 Mb/s
    Preço Por Mês

    $19,71

    $73,22

    $135,17

Como Configurar Disco Gerenciado

Agora vamos criar uma máquina via painel, preencha as informações e clique em “Ok

Microsoft-Azure–Gerenciador-de-Disco-02

Em seguida escolha um tamanho de máquina.

Microsoft-Azure–Gerenciador-de-Disco-03

Em “Settings” na guia “Storage” clique em “Yes

Microsoft-Azure–Gerenciador-de-Disco-04

Pronto sua máquina vai ser criada com disco gerenciado.

Microsoft-Azure–Gerenciador-de-Disco-05

Após a criação vamos ver o Disco Gerenciado junto com os recursos.

Microsoft-Azure–Gerenciador-de-Disco-06

Pronto a qualquer momento você pode mudar de Standard para Premium, o disco está sendo gerenciado pelo Microsoft Azure e não está utilizando nenhum Storage.
Obrigado pessoal e até o próximo post.

Sobre Michel Jatoba

Veja Também...

Microsoft Azure – Criando Network Security Group via Powershell

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Dando continuidade a criação do ultimo recurso, vamos criar …

4 Comentários

  1. Michel, interessante e excelente artigo… Parabéns!

  2. Como faria para manipular os discos em caso de deleção da máquina ?

    • Boa Tarde Lucas, caso você delete a máquina o Disco continua disponível para você utilizar ele em outra máquina ou adicionar ele em uma VM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

XPTO-WPC-MONITOR-TAG